Categories
Educação

INEP mantém provas do Enem e anuncia aplicação de prova digital pela primeira vez

Como falamos há alguns dias, é bom continuar se preparando para o ENEM porque mesmo diante da pandemia do novo coronavírus, a data dos vestibulares pode ser mantida. O INEP (Instituto Nacional de Exames e Pesquisas Anísio Teixeira) divulgou nesta terça-feira (31) as regras do Exame Nacional do Ensino Médio 2020 (ENEM). A realização do exame, para quem deseja ingressar em uma universidade neste ano, vem com uma novidade que será a prova digital. Cola com o Portal KondZilla e entenda melhor.

A data de aplicação das provas impressas do Enem 2020 foi mantida em 1º e 8 de novembro. Já as provas digitais serão feitas pelos alunos nos dias 11 e 18 de outubro. Mas se liga, mesmo sendo prova digital, o aluno vai ter que comparecer a um posto de realização e não será permitido o uso do computador próprio.

Outro ponto importante é que nem todos os municípios terão a opção da prova online disponível, assim é bom verificar direitinho no ato da inscrição como será sua prova. Neste primeiro ano, a prova digital será disponibilizada somente para 100 mil participantes. Entretanto a expectativa do Enem é que até 2026 a prova seja 100% digital.

Para quem deseja participar e concorrer uma vaga na universidade a data de inscrição para realização das provas impressas e digital vão de 11 a 22 de maio. O candidato que faltou na edição 2019 e quer participar da 2020 vai ter que justificar a ausência de 6 a 17 abril.

Categories
Coronavírus / Covid-19 Bem Estar Notícias Matérias

Hospitais e outras instituições de saúde abrem vagas de emprego em plena pandemia

O crescimento do novo coronavírus no Brasil está mudando a rotina de todo mundo. Isso porque muitas pessoas já estão de quarentena, principalmente, as que são grupos de risco, que estão se afastando dos trabalhos, até mesmo quem trampa em instituições que não aderiram ao fechamento. Isso está fazendo com que as empresas abram novas vagas, algumas temporárias, nesse momento. Caso você seja da área de saúde, essa pode ser uma oportunidade para você.

Infelizmente, o novo coronavírus pode ser letal em alguns casos, principalmente para o grupo de risco: pessoas com mais de 60 anos, pessoas com diabetes, doenças respiratórias e com hipertensão. Por conta desses fatores, algumas pessoas estão sendo afastadas de empresas que não podem fechar.

O Hospital das Clínicas, Albert Einstein e Sírio-Libanês afastaram centenas de funcionários que testaram positivo ou estão com suspeita de coronavírus. Vale lembrar que por mais que essas pessoas se protejam, por conta dos hospitais lotados de casos e possíveis casos, os funcionários também correm um grande risco de pegar a doença.


Hospital da Campanha – Foto: Sérgio Andrade // Governo do Estado de SP

Somando as trocas de funcionários, cobertura de folgas e afins, muitas outras vagas estão surgindo na saúde por conta da alta demanda. Por isso, a Prefeitura de SP abriu 720 vagas de enfermagem. São cerca de 504 vagas de técnicos de enfermagem e 216 de enfermeiros hospitalares. Esses profissionais são destinados para o Hospital da Campanha, que está sendo construído no Complexo do Anhembi e que deve funcionar nos próximos 90 dias para ajudar a acabar com o novo coronavírus na cidade.

Além da iniciativa da Prefeitura, a rede de hospitais Ímpar também está com diversas vagas abertas em várias áreas de atuação e em lugares em SP – e até mesmo fora. Dá uma conferida no site da rede.

E não foram só os hospitais que mudaram de equipe, a Prefeitura anunciou a contratação de mais de 200 sepultadores para os 22 cemitérios públicos da cidade em virtude de que a maioria dos sepultadores terem mais de 60 anos, o que já configura grupo de risco. Além dos novos funcionários, mais de 20 rabecões foram alugados.

O aumento do serviço funerário tem a ver com a mortalidade da doença. Nesta terça (31), são 113 mortes causadas pelo novo coronavírus. A letalidade do vírus, que já matou mais de 31 mil pessoas no mundo, e preocupa especialistas.

Categories
Coronavírus / Covid-19 Notícias Matérias

Prefeitura de SP anuncia auxílio de R$600 para catadores durante pandemia

A Prefeitura de São Paulo, via Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb), anunciou na tarde desta terça-feira (31) o investimento de R$5,76 milhões para os catadores de materiais recicláveis da capital. Esta medida beneficia pelo menos 900 famílias cadastradas nas 25 cooperativas do Programa Socioambiental de coleta seletiva. A medida também inclui catadores autônomos. Esse auxílio poderá ser somado ao do governo federal (de R$600 também).

“A cidade de São Paulo e o Brasil passam por um momento de grande crise. Por isso, é preciso elencar prioridades”, explicou o prefeito em coletiva no Palácio dos Bandeirantes. “A minha prioridade, a da Prefeitura, e tenho certeza que a do Governo do Estado, é com os mais vulneráveis. E nosso objetivo é preservar vidas”.

Por conta do surto do novo coronavírus, covid-19, na cidade de São Paulo, as atividades das cooperativas tiveram que ser suspensas.

Para o catador autônomo participar do benefício, ele precisa ter participado do programa de formação básica “Reciclar para Capacitar”. O Programa faz parte do convênio com a SENAES, antiga Subsecretaria Nacional de Economia Solidária.

Dentre os catadores habilitadores para receber a ação, o critério será via Guia de Recolhimento do FGTS e informações à Previdência Social, junto a exames admissionais e/ou ficha de adesão nas cooperativas habilitadas na prefeitura. A ação visa fazer esses pagamentos por até 3 meses.

Fonte: Secretaria Especial de Comunicação – Prefeitura de SP

Categories
Coronavírus / Covid-19 Matérias

Em plena pandemia, vida nas favelas muda e covid-19 preocupa população

A pandemia do coronavírus, covid-19, não afeta todo mundo igual já que nem todo mundo pode trampar tranquilamente de casa e nem parar de trabalhar. Pensando nisso, a pedido da CUFA o Instituto Locomotiva e o Instituto Data Favela fizeram um estudo sobre como a pandemia está afetando a vida nas periferias do Brasil. Pega a visão.

O estudo realizado com aproximadamente 1.100 pessoas de 262 favelas diferentes mostrou que as periferias estão preocupadas com o coronavírus e que a vida de 97% dos entrevistados mudou. A pesquisa foi feita entre os dias 20 e 23 de março, e a indicação já era que as pessoas ficassem em casa.

Mudança na rotina, principalmente, na rotina de trabalho, muitas vezes quer dizer preocupação com dinheiro, já que como a própria pesquisa mostra: na favela, 47% das pessoas são autônomas e apenas 19% têm carteira assinada. Isso significa que a maioria das pessoas não tem nenhuma segurança financeira durante esse período que estamos de quarentena. Ainda nesse assunto, a pesquisa mostra que 86% dos trabalhadores já viram que o movimento do comércio tem diminuído por conta da pandemia.

Tendo em vista que 71% das pessoas da favela vivem com o dinheiro que recebem de salário e como agora os comércios e demais estabelecimentos não estão funcionando, com exceções como farmácias, padarias e outros, a preocupação é muito grande com as contas, que continuam vindo, além da preocupação em se alimentar.

É por esses e outros motivos que o Governo está estudando ações que podem ajudar a população nesse momento. O Programa Merenda em Casa, do governo de São Paulo, visa repassar uma quantia mensal para alunos da rede público que se alimentavam na escola, no âmbito federal foi aprovada a Renda Básica Emergencial (precisa apenas da assinatura do presidente para começar a valer), com um valor de R$ 600 mensal para autônomos, informais e desempregados até o final da quarentena.

Mas, além da preocupação financeira, o medo de contrair o vírus também é algo que tem preocupado muito as populações das favelas. A pesquisa diz ainda que duas a cada três pessoas estão preocupados com a saúde. Isso também explica o porque a maioria das pessoas já mudaram suas rotinas.

Por mais que o medo do futuro seja uma realidade, precisamos nos manter firmes nesse momento. É importante achar meios que nos ajudem a nos manter calmos, seja ligando para amigos, buscando auxílio psicológico ou buscando distrações.

Assista também

Categories
Matérias

7 curiosidades da carreira da Anitta

Mais um ano, mais um aniversário: a cantora Anitta acaba de completar 27 anos de vida. Infelizmente, a pandemia não está colaborando pra ninguém entrar no clima de festa, celebrar mais um ano e poder curtir a vida, só que isso é só uma fase e daqui a pouco passa. Pra lembrar a importância da cantora para a música brasileira, música mundial e poder da mulher, separamos algumas curiosidades da vida dela:

1 – Rave Funk

Anitta é uma das principais artistas brasileiras em ascensão no mundo. Só que mesmo longe, com parcerias internacionais e se jogando na música mundial, ela ainda olha pro ritmo que destacou ela na música. Recentemente, ela soltou “Rave de Favela” com MC Lan e Major Lazer.

2 – Popular no Instagram

Ela é uma das personalidades brasileiras mais queridas e ativas na rede com quase 46 milhões de seguidores. Costuma soltar diversos stories durante o mesmo dia, mostrando os bastidores da sua vida. Sempre atenciosa com os fãs, debate assuntos do momento e está sempre mostrando novidades pro público.

3 – Cantava na igreja antes de ser a Anitta

Talvez nem todo mundo saiba, mas o nome real dela é Larissa. Ela se inspirou na série “Presença de Anita” da rede globo, dos anos 2000, para criar a sua persona como artista. Antes mesmo de se jogar no universo funk como MC Anitta, lá nos anos 2010, ela começou cantando na igreja.

4 – Gosta de indicar tendências

Na música “Terremoto” com o Kevinho, Anitta resgatou um dos clássicos da black music dos anos 90. O videoclipe é inspirado diretamente na música “I’m still in love with you” de Sean Paul. Diferente, atualizado e repaginado, “Terremoto” foi sucesso, com 265 milhões de visualizações, e mostra o encontro musical de periferias globais.

5 – Mulher mais poderosa do Brasil – Forbes 2020.

A revista Forbes todo ano apresenta uma lista de personalidades mais importantes para o país. Em 2020, Anitta foi reconhecida como uma das mulheres mais poderosas.

6 – Tem uma série na Netflix

A cantora gravou uma série com 6 episódios para a streaming de vídeos. Em cada episódio, ela conta um momento diferente da sua carreira, como o lançamento de um videoclipe ao vivo no youtube, uma turnê internacional, até mesmo quando ficou mal por conta da depressão. A série é rapidinha com uma direção bem próxima da cantora, mostrando o quanto ela é carinhosa com fãs, amigos e equipe.

7- É cantora, mas já atuou como atriz e empresária

Durante muito tempo, Anitta foi sua própria empresária até que em 2019 ela decidiu contratar Brandon Silverstein como seu empresário. Ela também já apareceu em novelas da globo, como figurante e vire e mexe é convidada para ser apresentadora de programa. O que mais a Anitta vai aprontar no futuro?

Categories
Funk

O sonho do MC Nathan ZK é conquistar uma casa através do funk

As músicas “Labirinto da Favela” e “A Cara do Enquadro” tem barulhado nos quatro cantos das quebradas, ultrapassando juntas a marca de 50 milhões de visualizações no Youtube, se reunirmos todos os canais que dispararam os sons. Recentemente apresentamos MC Lipi, um dos intérpretes dos hits e agora iremos conhecer MC Nathan ZK, apresentado como artista da KondZilla Records ele também é dono das músicas citadas acima. Quer saber um pouco mais do artista? Brota no Portal KondZilla que não tem erro.

“Naquele modelo brasileiro do jeito que as tranqueira”. Quando você escuta esse refrão de “A Cara do Enquadro” vem aquela voz diferenciada no ouvido? Se sim, única, ela é mais uma das revelações do último ano no cenário do funk consciente. Quem carrega ela é Nathan Santos, 20, nascido e crescido no extremo leste de São paulo, nas quebradas de Guaianazes. Além dos sons estourados o artista ainda carrega no currículo músicas como: “Maloka Firmeza” 3.3 milhões, “Se a Vida Mudar” 1.2 mi e “Tu Lembra” 1.5 mi com MC Paulin da Capital.

Desde os 10 anos tentando a vida no funk, Nathan emplacou alguns hits nos últimos tempos e foi contratado pela KondZilla Records. “É o começo de uma nova etapa, um novo ciclo na minha vida”, disse ele no dia da contratação. “Tudo isso é gratificante, no meio de muita caminhada chegar na KondZilla é um sonho realizado”.

A correria por trás do sucesso no funk é louca. Muitas das vezes você trabalha tanto e não vê a fama chegar, Nathan explicou como percebeu que sua estrela tinha brilhado. “Quando minhas músicas começaram a tocar nas favelas, isso foi a maior felicidade para mim”. Sem palavras, ele não soube nem dizer o quanto o funk significa na vida dele. “É tudo, eu vivo do funk, ele mudou a minha vida completamente. Não sei nem explicar o quanto significa”.

Mesmo com a agenda de shows interrompida por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19), o artista vem lutando para alcançar seus objetivos materiais. Afinal, que favelado nunca sonho em ter uma casa própria? “Estou a caminho de realizar o meu maior sonho, que é comprar minha casa e formar a minha vida”. Alguns objetivos já foram concretizado. “Eu já consegui realizar coisas que eu nem conseguia imaginar, por exemplo, cantar para uma multidão e todo mundo responder. Isso pra mim já é um sonho realizado”.

Não é novidade que nas favelas as coisas são muito mais difíceis mas com a pandemia o veneno dobrou. Com uma estabilidade de vida melhor atualmente, Nathan e os amigos distribuíram álcool gel para ajudar a quebradas de Guaianazes. “A ideia surgiu junto com uns amigos que é da mesma comunidade onde moro para tentarmos ajudar um pouco da sociedade nessa crise de coronavírus o quanto podemos”.

Em crescente no cenário musical e construindo uma base de fãs MC Nathan ZK deixou um salve pra sua rapaziada. “Que Deus abençoe cada um que está escutando o meu som no cotidiano”. E desejou boas novas para esse ano. “Que o ano de 2020 seja o ano do Nathan ZK assim como nós próximos”, concluiu ele.

E você tem buscado seus objetivos? MC Nathan ZK conseguiu ser visto depois de 10 anos mas não desistiu de correr atrás de seus sonhos. A vida é assim não pode parar parceiro. Da uma moral para o artistas nas redes sociais e continue escutando os sons no Youtube e demais plataformas de streamings.

Acompanhe MC Nathan ZK no Instagram

Categories
Funk

KondZilla Records e FitDance vão promover aulas de dança no Instagram

A KondZilla Records e a FitDance fecharam parceria e vão transmitir ao vivo no Instagram da FitDance coreografias de músicas estouradas dos artistas da produtora a partir de segunda-feira (30), sempre às 15h. Quem estreia o projeto é Mila do hit “Tudo Ok” mandando o passinho de “O Amor Que Tu Perdeu” com Jottapê, que ilustra o quadro mais pra frente também. A iniciativa foi pensada para que as pessoas continuem se exercitando durante a quarentena causada pela pandemia do novo coronavírus. Confira a grade da semana com o Portal KondZilla abaixo.

A programação #EmCasaComAFitDance reúne na primeira semana: Mila, MC Kekel, MC Ingryd, Jottapê e DJ Pernambuco. Todas as transmissões serão no Instagram da FitDance, exceto a do Jottapê ,que será realizada quinta-feira também às 15h no perfil do fundador da plataforma de coreografias Fabio Big Boss.

Confira a programação abaixo: 

Segunda

Mila – 15h (O Amor que Tu Perdeu)

Terça

Kekel – 15h (Tanto Fez Tanto Faz)

Quarta

MC Ingryd – 15h (Encaixou Certin)

Quinta

JottaPe – 15h (Bate Palma)

Sexta

DJ Pernambuco – 15h (Solta o Ponto que Ela Desce)

Acompanhe A KondZilla Records no Instagram
Acompanhe a FitDance no Instagram

Categories
Coronavírus / Covid-19 Notícias Matérias

Governo Federal libera R$40 bi para financiar salários de pequenas e médias empresas durante epidemia

Visando minimizar os estragos no mercado de trabalho durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) o Governo Federal anunciou hoje (27) que vai disponibilizar uma linha de crédito no valor de R$ 40 bilhões para que pequenas e médias empresas possam cobrir o salários de seus funcionários no período de dois meses. A medida foi adotada para diminuir a pressão financeira e permitir o isolamento social recomendado pela Organização Mundial da Saúde. Quer saber mais como vai funcionar essas medidas? Cola que o Portal KondZilla te explica.

Anunciado pelo presidente, Jair Bolsonaro, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, serão disponibilizados R$ 20 bilhões por mês totalizando R$40 Bilhões em dois meses. O crédito é destinado para que empresas com uma renda anual entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões de reais, para que possam seguir efetuando o pagamento do salários de seus funcionários.

O valor solicitado pelas instituições serão destinado diretamente a folha de pagamento dos empregados e demissões não poderão ser feitas durante o período do crédito cedido. Outro ponto bastante importante é que o crédito financia no máximo dois salários mínimos por trabalhador, ou seja, caso o funcionário ganhe mais do que o estipulado pelo crédito cabe a empresa a complementar ou não o valor final.

Empresas que decidirem solicitar o benefício terão 6 meses de carência, ou seja 6 meses para se recuperar da crise do coronavírus, para começar pagar o empréstimo que poderá ser quitado em até 36 meses. Já os juros em cima do crédito cedido serão de 3,75% ao ano.

Robertos Campos, disse ainda, que a previsão é que 1,4 milhões de pequenas e médias empresas sejam beneficiadas pelo crédito, fazendo com que consequentemente 12,2 milhões de pessoas também sejam contempladas com seus salários mantidos por parte dos empregadores.

O anúncio ocorreu no dia seguinte a câmara dos deputados ter aprovado projeto que fixa o pagamento de auxílio no valor de R$600 para trabalhadores informais por três meses. O texto precisa ainda ser aprovado pelo Senado.

Categories
Conte aqui sua historia Histórias que inspiram Matérias

“Obrigado meu Deus por me dar esse dom maravilhoso que é ser cantor de funk”, diz MC Menor LK

Estamos aqui em mais uma sexta-feira, ou seja, mais um dia de Conte Aqui Sua História. Hoje vamos conhecer um pouco do MC Menor LK, lá da Baixada Santista, que se inspira no MC Menor MR e sonha com a melhoria de vida no funk. Chega mais.

“Meu nome e Lucas Cunha de Oliveira, sou mais conhecido como MC Menor LK, tenho 17 anos e sou do Jardim Conceiçãozinha, em Vicente de Carvalho, Guarujá.

Minha história é assim, moro com meus pais e meus irmãos e desde de pequeno sonhava em ser jogador de futebol, jogava todo dia bola com os amigos sem hora para ir para casa.

Na escola, quando eu tinha 14 anos, muita gente me zuava, me tirava e dizia que eu não ia chegar em lugar nenhum, até meus “amigos” diziam que eu não conquistar nada. Mas eu não ligava muito pra isso.

Aos meus 16 anos, comecei a trabalhar em uma bicicletaria, ganhava pouco, mas também era dinheiro e dava pra eu guardar ou dar para minha mãe para ela comprar as coisas de casa.

Eu comecei a ouvir o funk em 2014, mas eu comecei a gostar mesmo em 2017 quando eu ouvi o MC Menor MR.

Um dia eu estava em casa, deitado e comecei a rimar umas músicas. Vi que eu tinha o dom, mas as minhas músicas não eram boas ainda, precisava melhorar mais. Aí eu comecei a entender mais de música, foi quando eu fiz um som na sala de aula que deu muito certo e eu fiquei muito feliz.

MC Fioti, MC Paulin da Capital e MC Menor LK

Dalí para frente vi que meu dom era ser compositor, cantor de funk, e comecei a correr atrás, guardar dinheiro para gravar uma música, corri atrás de um DJ mas não achei. Nisso um amigo meu que e MC me indicou o Dj Gennis, lá de São Vicente, dizendo que ele era bom demais. Chamei ele no zap pra conversar com ele, marquei o dia para gravar mandei minha prévia de música para ele gostou e disse pra mim ir lá.

Minha maior inspiração é o MC Menor MR, ainda não fui num show dele, mas queria ir e poder conhecer ele. Ele é muito humilde, legal pra caramba e as músicas dele fala de realidade, de sonhos, gosto muito disso. O Menor que me inspira a seguir no consciente.

Quando ele me mandou a música pronta, vi que no mundo do funk eu ia adiante. Minha mãe me apoiou nessa decisão. Tenho um grande sonho de comprar uma casa pra minha mãe. Com meu talento vou estourar no funk e mudar a vida dela e da minha família.

Hoje tô correndo atrás pra trabalhar e fazer mais funk. Com fé em Deus tudo vai dar certo. 2020 vou ser mais uma revelação do Guarujá. Obrigado meu Deus por me dar esse dom maravilhoso que é ser cantor de funk.”

E aí, se identificou com o MC Menor LK? Viver do funk é um sonho pra muitos e esse sonho pode ser tornar realidade! Quer aparecer aqui no Portal KondZilla? Manda um e-mail pra gente conteaquisuahistoria@kondzilla.com com seu telefone, fotos e redes sociais.

Aproveite para seguir o MC Menor LK nas redes: Instagram

Categories
KondZilla Sintonia

7 Motivos pra você rever “Sintonia”

Agora que estamos passando por um momento em que precisamos ficar em casa o máximo possível, além de nos manter informados sobre tudo que está acontecendo, continuar estudando e mantendo uma rotina produtiva, também precisamos usar o tempo pra gente se distrair. Por isso não tem nada melhor do que rever “Sintonia“. Não acredita? Cola que o Portal KondZilla vai te listar vários motivos pra você dar o play agora.

1 – Rapidinha de ver

Com apenas seis episódios de 44 minutos, “Sintonia” é daquelas séries pra você maratonar, dá pra assistir tudo bem rápido porque cada final de episódio é aquele gostinho de quero mais. Sem falar que o seriado é em português, com as gírias que a gente fala no dia a dia, ou seja, nóis não precisa ficar voltando cena quando a gente perde alguma coisa.

2 – História foda

Se você não assistiu “Sintonia” ainda, não faz parte das pessoas que ajudaram a série a ser a produção brasileira mais assistida da Netflix e não sabe nem do que se trata, a história é muito boa. Doni (Jottapê), Rita (Bruna Mascarenhas) e Nando (Christian Malheiros) são três amigos que tem a vida interligadas pelos três pilares da vida na favela: o tráfico, a igreja e o funk. O trio se ajuda, se apoia e se dá uns toques conforme a vida deles vai tomando rumos diferentes.

3 – Muita visão

“Sintonia” retrata a vida real de muitas pessoas e com vivência vem os aprendizados, não é mesmo? E podemos dizer que visão é uma das coisas que mais tem na série. Podemos tirar uma lição de praticamente tudo que acontece no seriado, independente de com quem seja.

4 – Tem lição, mas tem muita risada também

A gente sabe que nem só de visão vive o homem e em “Sintonia” é a mesma coisa. Mesmo nos assuntos sérios os personagens conseguem nos divertir e arrancar umas risadas seja com alguma brincadeira ou alguma situação daquelas bem cabeluda que a gente se mete.

5 – Muito funk

Falou KondZilla tem que ter funk, né? O Doni, um dos protagonistas do seriado, é um mano que tá começando no corre do funk e mostra pra galera como funciona a carreira: como que faz pra ter música rodando nos bailes, gravação de videoclipe, o desejo grande pra estourar uma música e a correria que é com a agenda de shows. Pra quem já é funkeiro, já é daora ver tudo isso, pra quem não manja nada, é daora também que dá pra sacar um pouco como as coisas funcionam.

6 – Elenco foda

Além dos atores Jottape, Bruna e Christian e mais uma série de pessoas que já estão acostumados com as câmeras, “Sintonia” ainda revelou um baita time de novos atores que não tinham nenhuma experiência antes, como o nosso já conhecido aqui do Portal: É o Bronks (Torto), além do Binho Araújo (Juninho), o Leonardo Campos (Lindão) e muitos outros. A Fraan Ferreira também aparece rapidinho.

7 – Segunda temporada

A primeira temporada foi um sucesso tremendo e deixou todo mundo com gosto de quero mais, naquela vontade de saber o que o destino iria preparar para o trio Doni, Rita e Nando. Por isso a Netflix já confirmou a segunda temporada de “Sintonia”, ela deve chegar nos próximos meses. Ou seja, já assiste aí de novo, ou pela primeira vez, pra já ficar com aquele gostinho de quero mais.

Veja também: